A captação de alunos é, sem dúvida, um dos grandes desafios de qualquer instituição de ensino superior hoje em dia. Diversos fatores contribuem para isso, como a forte concorrência de outras instituições, a ascensão dos cursos online e até o aprendizado informal. Diante de um cenário desafiador como este, é indispensável inovar e encontrar formas diferenciadas de dialogar com seu público, e é preciso se planejar bem para fazer isso bem antes do início do ano letivo. Dessa forma, conseguirá vencer algumas das objeções comuns que fazem os prospectivos alunos desistirem. Pensando nisso, preparamos onze dicas que o ajudarão nessa missão e farão com que seus cursos tenham cada vez mais alunos. Veja a seguir:

1. Produza conteúdo de qualidade

A área da educação é uma das que mais se beneficia do marketing de conteúdo, estratégia na qual a captação de clientes (nesse caso, de alunos) é feita por meio da produção de conteúdo relevante para o público que deve ser atraído. Esse conteúdo pode envolver a criação de vários temas que são úteis para quem está considerando fazer um curso superior, como:

  • motivos/benefícios de fazer um curso superior;
  • guias de carreira;
  • artigos que explicam como funciona cada curso;
  • o que deve ser levado em conta ao escolher um curso ou instituição de ensino.

Dica: produzir conteúdos de qualidade para atrair os alunos é apenas o primeiro passo! Investir na divulgação desses conteúdos para que cheguem até os alunos é um segundo grande desafio…

2. Esteja presente nas redes sociais

As redes sociais são canais excelentes para distribuir o conteúdo que produzir, bem como para interagir com os seguidores, a ponto de converter parte deles em alunos. Por isso, é importante estar presente nesses canais e usá-los para criar um relacionamento mais achegado com os usuários que se encaixam no perfil que deseja atrair. Ao desenvolver uma presença forte nessas redes, sua mensagem será espalhada para um número cada vez maior de pessoas, e certamente ajudará no aumento das matrículas.

3. Use links patrocinados

Links patrocinados são anúncios em sites de busca como o Google e em redes sociais, como o Facebook. Esses sites possuem um alto volume de busca por diversos interesses, e a sua faculdade pode se aproveitar disso para encontrar alunos em potencial e iniciar uma relação com eles. O investimento nesse tipo de solução é muito flexível, e você pode realizá-lo com a ajuda de uma agência ou profissional freelancer, de modo que seus resultados sejam positivos.

4. Aposte no marketing de guerrilha

Marketing de guerrilha é uma tática de baixo custo e alto impacto, ou seja, normalmente envolve muito mais criatividade que recursos financeiros para dar certo. Um exemplo interessante é o que a Medecins du Monde, uma ONG francesa, fez para chamar atenção quanto ao número de desabrigados em Paris. Em vez de usar cartazes ou anúncios, eles distribuíram tendas fáceis de montar para os sem-teto. Ao ver a enorme quantidade de tendas espalhadas pela cidade, o governo logo resolveu o problema, realocando essas pessoas para abrigos.

5. Ofereça programas de financiamento estudantil

Ainda existem programas de financiamento estudantil oferecidos pelo governo, e é importante saber lidar com eles para que os estudantes tenham todo o suporte ao se matricular na sua faculdade, mesmo sem dinheiro para pagar as parcelas por conta própria.

6. Faça parcerias com empresas para programas de estágio

Que tal fazer parcerias com empresas locais cujas áreas de atuação se relacionem com os cursos que a sua instituição oferece? Dessa forma, os alunos terão um facilitador para concluir a formação nas respectivas área de estudo. Além disso, a possibilidade de fazer um estágio pode servir de incentivo para aqueles que precisam trabalhar enquanto estudam, e veem nesses programas uma oportunidade de encontrar vagas efetivas ou conseguir recomendações valiosas.

Dica: esse tipo de parceria pode facilitar a criação de “feiras de profissões” focadas em atrair alunos do ensino médio (potenciais alunos!) indecisos sobre quais rumos tomar. Isso pode ser para eles e para você um ótimo primeiro contato!

7. Use a tecnologia nos métodos de ensino

Seja na forma de cursos online com certificado ou de aulas curtas em vídeos do YouTube, a tecnologia já é parte integral dos métodos de aprendizado moderno, e pode ser concorrente ou aliada da sua instituição. Usar a tecnologia a seu favor é um dos maiores diferenciais, seja por oferecer opções de ensino a distância (EAD) ou por criar plataformas que facilitem a comunicação dos alunos com os professores e entre si.

Hoje, o uso da tecnologia no ensino deixou de ser uma tendência para ser requisito básico para os novos ingressantes.

8. Ofereça opções para os indecisos

Muitos acabam desistindo de fazer faculdade simplesmente porque não conseguem escolher um curso. Então, é importante dar opções aos indecisos, de forma que se sintam à vontade para experimentar um curso e trocá-lo depois. Simplifique o processo de troca, e deixe isso bem claro na sua estratégia de marketing — criar conteúdo sobre isso em seu blog e redes sociais é uma boa opção, além da divulgação dentro da sua IES.

9. Facilite o processo de matrícula

Em vez de fazer do processo de matrícula algo burocrático, faça o máximo para torná-lo simples e conveniente para os interessados. Afinal, esse é o primeiro passo na relação formal entre instituição e aluno, e pode ditar as expectativas dele sobre o que vai encontrar no dia a dia. Em outras palavras, se descobrir que a matrícula é complicada demais, o interessado pode desistir de vez do processo.

10. Crie programas de recomendação com seus alunos atuais

Seus alunos atuais provavelmente são uma boa fonte de recomendações, então faça uso deles para conseguir aumentar o número de matrículas da sua faculdade. Isso pode ser feito tanto por meio de simples incentivos ou por programas de recomendação, na qual os alunos ganham algum benefício ou recompensa por cada indicação bem-sucedida.

Dica: nos programas de indicação de sucesso tanto o aluno que indicou quanto o colega indicado são beneficiados com alguma recompensa!

11. Ofereça orientação que vai além do curso

A captação de alunos de sucesso é aquela que mostra o valor do curso além das disciplinas técnicas que serão abordadas. Afinal de contas, a maioria dos concorrentes já faz isso, e muitas disciplinas são obrigatórias em qualquer instituição que o aluno escolha. Por isso, ofereça por meio de todos os seus canais de divulgação e ajuda, tanto online quanto presenciais, orientações que levem os alunos a ter uma carreira bem-sucedida, e uma vida melhor. Para vencer uma disputa tão acirrada, é preciso gerar valor desde o contato inicial com os potenciais alunos. Assim, investir nas táticas que mostramos aqui tornará a sua estratégia de captação de alunos muito mais eficaz, já que todas elas envolvem a criação de uma marca forte e a aproximação com os estudantes. Gostou de aprender algumas das melhores táticas de captação de alunos para a sua instituição de ensino?

Dica bônus!

A nota dada pelo MEC para as Instituições de Ensino Superior no Brasil hoje é vista como um grande fator de diferenciação para os alunos ao escolher onde estudar. Por isso, diversas de instituições divulgam o resultado do Enade em suas campanhas de captação de alunos.

Dito isto, você sabe como está o desempenho dos seus cursos em comparação com seus principais concorrentes?

Clique abaixo e descubra isso gratuitamente: